domingo, 6 de setembro de 2009

TRENDY TWINS consumismo investigativo coments COSMÉTICA THALASSOTHERMAL ÁGUAS DE SÃO PEDRO

TRENDY TWINS
consumismo investigativo coments
COSMÉTICA THALASSOTHERMAL ÁGUAS DE SÃO PEDRO



Adoro máscaras para o rosto, tenho várias e faço um esforcinho pra espantar a preguiça e fazer aplicações semanais. É bom fazer quando não tem ninguém por perto, pra não ficar ouvindo gracinhas, néam. Especialmente quando o produto for verde!







A última que testei foi a de argila branca da linha Cosmética Talassothermal da ASP Águas de São Pedro, uma empresa de São Paulo que há seis anos produz insumos cosméticos 100% naturais. As argilas termais possuem ação refrescante, clareadora, revitalizante, hidratante e tonificante, e cada uma é indicada para um tipo de pele.


A ASP comercializa quatro tipos de argilas: a branca (indicada para peles sensíveis e desidratadas), a dourada (tonificante, para peles maduras e cansadas), a negra (que possui maior quantidade de matéria orgânica e enxofre, que a tornam mais ácida. É indicada para peles oleosas, por sua ação anti-seborréica e antioxidante) e a verde (indicada para peles normais a oleosas, possui ação adstringente e estimulante). Cada uma custa em torno de R$20,00 + frete, e informações sobre vendas podem ser obtidas diretamente no site.



Testei o kit de argila termal branca, que vem com 1 Água Thermal H2OS (80ml), 1 Argila Esfoliante ASP (120gr), 1 pincel, 1 cubeta e 1 espátula. Ele é indicado para limpar, hidratar, clarear, e tem funções tensora e anti-oleosidade. Como minha pele tem tendência à frescurite (sensibilidade), foi a melhor escolha entre as quatro opções oferecidas pela empresa.

O grande barato é que a argila vem em pó, num potinho que lembra as embalagens antigas de talco, e pode ser usado como esfoliante também (pro rosto, pro corpo e pro couro cabeludo). Tudo depende da quantidade de água que a gente adiciona na cumbuquinha.

E é bem prático: é só colocar uma quantidade X de argila na cubeta (ela é maleável, o que ajuda bastante na hora de misturar a pasta), que varia de acordo com a área de aplicação (metade da cubeta, se for o rosto, por exemplo). Mas é no olhômetro, não tem uma porção certa. Daí é só adicionar água mineral (ou termal) aos poucos, e misturar com a espátula até formar uma pasta. Se a intenção é esfoliar, é bom colocar menos água. Os grânulos de argila são arredondados, e não arranham a pele, é bem tranqüilo de aplicar. Pra fazer uma máscara, o ideal é a consistência da foto abaixo:



Daí é só aplicar uma camada fina na área desejada (facial, corporal, ou capilar). Pode haver um desconforto quando a argila começa a secar. Como ela não seca uniformemente (por exemplo, a testa seca bem mais rápido), é só borrifar um cadinho de Água Thermal na área. Depois de uns 20 minutos, é só retirar tudo com água fria. Aí é só borrifar mais água termal num disco de algodão e passar sobre a pele limpa. Isso vai retirar qualquer resquício de argila que não tenha saído no banho. Daí é só esperar secar naturalmente, e passar o hidratante de costume.


O resultado é uma pele sequinha, lisa e com aparência de hidratada. Mas, como não hidratei logo em seguida, justamente pra ver como a pele ficava depois de um tempo, senti a bichinha meio craquelada. Pra evitar, óbvio, é só hidratar logo em seguida.

Pra quem não conhece, a água termal é uma solução tônica natural, resultado da cristalização de cloreto de sódio da água do mar. Ela possui "todos os elementos da tabela periódica"*, e é a base da Talassoterapia (tratamentos que envolvem elementos marinhos, como a água do mar e as algas). É indicada pra mil coisas: limpar, acalmar, tonificar e desinfetar a pele, equilibrar o pH, limpar bumbum de neném...





*just kidding
Mas o grande barato da água termal é que ela possui todos os elementos minerais que historicamente beneficiam a pele e são dermatologicamente indicados.

Nenhum comentário: